Sabemos que os recursos do nosso planeta estão cada dia mais escassos, e se torna evidente que não podemos mais continuar com esta cultura do desperdício.
Pensando nisto, criamos e executamos projetos de jardim e áreas externas, baseados em premissas sustentáveis, ajudando desta forma a criação de uma cultura de uso racional e otimizado dos recursos naturais.
Um jardim sustentável é um jardim que desempenha sua função estética, sem deixar de lado as questões ambientais.
A inserção destes conceitos, nos levam a uma mudança de valores trazendo uma nova forma de pensar, e com isto, permitindo uma melhor qualidade de vida para nós , nossa família e nosso entorno.
Nesta página, conheçam alguns projetos executados por nosso escritório, e 33 estratégias sustentáveis que poderemos desenvolver, de forma individual ou conjunta, para as áreas externas de sua moradia.

Oque é Sustentabilidade

Sustentabilidade é um termo usado para definir ações e atividades humanas, que visem suprir as necessidades atuais dos seres humanos, sem comprometer o futuro das próximas gerações, usando os recursos naturais (florestas, matas, rios, lagos, oceanos) ,de forma inteligente para que eles se mantenham no futuro.
Designa-se como a capacidade que o ambiente natural tem, de manter as condições e qualidade de vida para as pessoas e para outras espécies, tendo em conta a habitabilidade, a beleza do ambiente e a sua função como fonte de energias renováveis, mantendo um uso razoável dos recursos da terra e preservando as espécies e os habitats naturais.
Esse conceito foi desenvolvido pelo pensador ambiental Lester Brown no início da década de 1980 e foi utilizado no Relatório Brundtland, elaborado e publicado pela Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, em 1987, com a finalidade de fazer com que os países desenvolvessem meios mais sustentáveis de sobrevivência.
Desde então, essa definição passou a ser assimilada por diferentes áreas como a da arquitetura, do empresariado e a da tecnologia.

A sustentabilidade relaciona-se dinamicamente com os ramos da economia e do meio ambiente, isto é, envolve a retirada de matérias-primas da natureza para o desenvolvimento de bens de consumo, podendo gerar insustentabilidade.
Por exemplo, um país insustentável é aquele que utiliza os recursos ambientais para fazer girar a sua economia, mas que não oferece tempo suficiente para que a natureza possa se recompor e assim fornecer novos recursos no futuro.

Já um país economicamente bem-resolvido é aquele que conta com inúmeras atitudes sustentáveis, as quais geram mais tempo para a recuperação dos recursos naturais e à prosperidade dos seres vivos.

Um exemplo de país sustentável é aquele que emprega energias limpas e renováveis como a solar, a eólica, a hidráulica ou a maremotriz, entre outras, e que poluem menos que os combustíveis fósseis não renováveis usados por nações insustentáveis.
Ainda, um país que cuida da exploração dos recursos vegetais de florestas e matas, garantindo o replantio; preservação de áreas verdes não destinadas à exploração econômica; reciclagem dos resíduos sólidos e exploração do gás liberado em aterros sanitários como fonte de energia; possui consumo controlado da água, visando evitar o desperdício, além da assunção de medidas que visem a não poluição dos recursos hídricos. Nestes países também , as pessoas passam a optar mais por transportes coletivos ou bicicletas.
Praticam agricultura orgânica, designada a produção de alimentos e outros produtos vegetais não fazendo uso de produtos químicos sintéticos ou organismos geneticamente modificados, que agridem a natureza e são prejudiciais à saúde.
Possuem ainda algumas tecnologias, como o smart grid, que emprega medidores e sensores em toda a rede evitando desperdícios ao impedir ligações clandestinas durante a distribuição de energia, reduzindo o desperdício, assim diminuindo indiretamente o impacto ambiental causado pela energia elétrica gerada em usinas de carvão, comumente instaladas em países que investem pouco em sustentabilidade.
Concluindo, a sustentabilidade, estimula as empresas a realizarem ações boas ações, como a instalação de filtros contra a poluição, estações de tratamento de esgoto, postos de reciclagem e a reutilização de materiais, que respectivamente amenizam o descarte de gases do efeito estufa na atmosfera, evitando a poluição dos rios e promovendo e melhorando a qualidade de vida das pessoas que moram ao redor das fábricas , e tbm nas cidades em geral.

Sustentabilidade é a capacidade do ser humano, em usar os recursos ambientais para saciar suas necessidades atuais, sem utilizar recursos naturais extras.

Porque ter um Jardim Sustentável

A sustentabilidade nos ensina a ter condutas mais equilibradas no dia a dia, como degradar menos o ambiente, fazendo o uso de poucos ou nenhum recurso que agrida diretamente a natureza.
E como podemos fazer isso? Através do uso inteligente dos recursos naturais, garantindo que eles tenham longevidade, ou seja, se mantenham para o futuro.

Desta forma, podemos fazer nossa parte, trazendo o máximo possível, as várias estratégias sustentáveis existentes , para dentro do local que habitamos.
Com Inovação, e conscientização da importância de preservação ambiental além do uso consciente dos nossos recursos naturais , podemos criar projetos que atendam amplamente estas necessidades, e que criem o máximo de impactos positivos dentro da integração da arquitetura com todo seu entorno.

Quando você faz uso de plantas nativas e de diferentes tamanhos e funções, você está ajudando a restauração do Bioma local e natural ; o uso de telhados e paredes verdes ajudam a criar conforto térmico e acústico, reduzindo o uso de aparelhos que gastam energia e ainda ajudando na purificação do ar ; a criação de um pomar e horta, também com espécies nativas, ajudam a atrair pássaros, abelhas, borboletas e animais silvestres da região, além de promover uma produção alimentar própria e o aumento do convívio social dos moradores ; com a aplicação do xeropaisagismo, que seria o uso de espécies vegetais que precisam de pouca água para sobreviverem, você ajuda a economizar água; com a criação de cisternas para captação e armanezamento da água da chuva, esta pode ser usada na rega das plantas, limpeza de pisos e irrigação de plantas ; com o uso de torneiras, vasos e chuveiros, ligados com sistema de temporizadores, você também ajuda a redução do gasto hídrico; com a instalação de um sistema automático de irrigação você proporciona ainda mais econômica de água, pois o sistema ajuda a promover somente a quantidade necessária para cada espécie vegetal.

Você pode seguir com ações sustentáveis, criando sistemas de drenagens com grelhas em locais necessários, e ainda usando pisos drenantes que permitem uma melhor permeabilidade do solo, recarregando assim os aquíferos.
Ainda na parte de conscientização de baixo consumo de energia, é importante a execução da iluminação de todo jardim somente com uso de lâmpadas leds nos spots.
Também pode optar pelo uso de painéis solares, que captam e armazenam energia do sol, para esta ser usada na iluminação, controlador da irrigação, temporizadores de chuveiros, torneiras, e também no uso de lareira externa, automatização de portões e câmeras de segurança.
O uso ainda, de madeiras e materiais reciclados ajudam o meio ambiente, pois a matéria prima só é retirada de regiões de manejos e retiradas conscientes.

Enfim, são diversas as ações que podem ser aplicadas em ambientes de convivência e moradias , propiciando ajuda a preservação do meio ambiente , mas também facilitando a vida dos moradores e frequentadores dos locais.
Todas estas estratégias, muitas delas interligadas entre si, produzem uma facilidade de vida no cotidiano, pois com seu uso constante, manutenções são diminuídas e com isto também a economia de recursos financeiros.

Conheça ainda nesta página logo abaixo, todas as estratégias sustentáveis que podemos projetar e executar, para seu ambiente.